Suhr mostra poder de recuperação e vence em Barcelona

(0 Votes)

Ontem foi dado início a terceira fase da GT-3 World Series 2019. A J6 Cup 3 abre a segunda metade do campeonato anual e começou com grandes disputas e boas novidades. O treino livre já deu os sinais iniciais do que estaria por vir.

Os estreantes no campeonato Ricardo Silva e Ricky Esteves chegaram mostrando serviço e marcaram os dois melhores tempo do treino livre, deixando para trás os líderes do campeonato. Ricardo marcou 01.44.391 seguido de perto por Ricky a apenas 0.183s.

O primeiro dos líderes foi Christian Rudnick que marcou o terceiro tempo.

Passado o aquecimento, foi dado início ao treino classificatório. A pista estava seca, mas lavada de uma chuva que antecedeu a sessão. Assim, os pilotos tiveram que remar tudo de novo para emborrachar a pista.

E a sessão classificatória foi dominada por Ricardo Silva e Willyans Suhr. Os dois pilotos ficaram revezando na pole position ao longo do treino classificatório.

Claudinei até tentou ameaçar, mas não tinha o ritmo para buscar a pole. Nilson Porto e Rodolfo Puraca, outros pilotos que tradicionalmente disputam a pole position não estavam bem e não ameaçaram.

Com isso, Suhr marcou o tempo e ficou na frente em boa parte do treino, só que faltando menos de um minuto para o final da sessão Ricardo Silva marcou o tempo de 01.44.262, passando Suhr por apenas 0.066s. Foi o suficiente para faturar a sua primeira pole na sua corrida de estreia.

Confira o resultado do treino classificatório:

POS PILOTO CARRO VOLTAS  MELHOR VOLTA   DIF.
1 Ricardo Silva Audi R8 LMS 11 01:44,262  
2 Willyans Suhr Lamborghini Huracan GT3 10 01:44,328 +00:00,066  
3 Claudinei Souza Audi R8 LMS 10 01:44,544 +00:00,282
4 Renato Francisco Lamborghini Huracan GT3 10 01:44,625 +00:00,363
5 Rodolfo Puraca Lamborghini Huracan GT3 9 01:44,652 +00:00,390
6 Ricky Esteves Bentley Continental GT3 2018 6 01:44,889 +00:00,627
7 Christian Rudnick Bentley Continental GT3 2018   10 01:44,955 +00:00,693
8 Eduardo Kissilevicth   Audi R8 LMS 10 01:45,003 +00:00,741
9 Marco Pinheiro Audi R8 LMS 10 01:45,054 +00:00,792
10 Nilson Porto Lexus RC F GT3 10 01:45,063 +00:00,801
11 Angelo Lima Audi R8 LMS 10 01:45,252 +00:00,990
12 Thiago Pontes Lamborghini Huracan GT3 9 01:45,318 +00:01,056
13 Marvin Gris Dias Mercedes AMG GT3 10 01:45,360 +00:01,098
14 Marcos Silveira Bentley Continental GT3 2018 10 01:45,465 +00:01,203
15 Danilo Santana Mercedes AMG GT3 7 01:45,576 +00:01,314
16 Luis Carlos Matias Mercedes AMG GT3 8 01:46,215 +00:01,953
17 Walter Rubens Lexus RC F GT3 10 01:46,401 +00:02,139

Quando o servidor vira para a sessão de corrida, o forte calor massacrava. Eram 46ºC na pista. O forte calor certamente iria ser um adversário a mais na prova.

Iniciada a volta de apresentação, aquecer os pneus era quase que um detalhe com a alta temperatura. Quando os pilotos foram para a largada, Suhr respondeu mais rápido e conseguiu saltar na frente. Ricardo Silva não teve um bom reflexo e também perdeu a posição para Claudinei. Na curva 2, 3, e 4, Claudinei e Ricardo fizeram lado a lado as curvas, com a posição se decidindo após Ricardo triscar a roda da caixa de brita e perder velocidade.

No pelotão de carros, Ricardo Puraca teve um enrosco e caiu para décimo quinto lugar e teve que fazer uma corrida de recuperação. Thiago que vacilou na reação a bandeira verde despencou para penultima posição.

Poucas voltas depois, Ricardo rodou caindo para a décima posição. Neste momento outro estreante da categoria começava a mostrar para que veio. Ricky Esteves começou a pressionar Claudinei na disputa pela segunda posição. Faltando poucos minutos para a abertura da janela, Ricky deu uma freada no ponto errado e passou reto, deixando Claudinei livre.

Vindo de trás, Rodolfo vinha galgando posições, fazendo uma boa disputa com Marvin Gris Dias, numa excelente disputa entre os dois, que infelizmente terminou com um toque e Dias atravessado na pista.

Angelo Lima é outro piloto que fez boa prova e vinha se recuperando. Após ter largado em 11.º e no meio da prova já ocupava a 6ª posição na abertura das janelas de pit stop.

Fechada a janela de pit stop a posição dos líderes não se alteraram.  Porém Claudinei aproveitou a parada duas voltas antes e conseguiu tirar a vantagem que Suhr havia colocado antes do pit stop.

Suhr saiu do pit lane quase dividindo a freada com Claudinei, que pressionou por algumas voltas mas não conseguiu levar o adversário ao erro.

Terminado os pit stops começaram as penalizações, três drive through ocorreram, na volta 22, 29 e 30, sendo Ricardo Silva, Christian Rudnick e Rodolfo Puraca respectivamente.

Ricardo Silva foi desclassificando enquanto tentava pagar a penalização na sua última volta.

Enquanto isso Christian que vinha se recuperando do erro no começo da prova recebe um drive through e acabou caindo para a décima posição. Já Rodolfo, enquanto ocupava o quinto lugar em ótima prova de recuperação, acabou sendo penalizado com o drive through, perdendo a posição para o Angelo Lima.

Passados 60 minutos, Suhr conseguiu segurar a pressão de Claudinei e venceu a prova após uma condução sólida ao longo da sessão, não dando qualquer chance para Claudinei, que apesar da boa prova não teve chances.

Assim, Suhr se recupera do erro em Silverstone que lhe custou o título da J6 Cup 2, exatamente para Claudinei Souza. Em ótima corrida Ricky Esteves fechou o pódium, chegando em terceiro lugar.

Confira a classificação final da etapa:

POS PILOTO CARRO VOLTAS   TEMPO MELHOR  VOLTA   LID  
1 Willyans Suhr Lamborghini Huracan GT3 34 60:45,142 01:44,184 34
2 Claudinei Souza Audi R8 LMS 34 +00:00,682   01:44,319 0
3 Ricky Esteves Bentley Continental GT3 2018   34 +00:13,299 01:44,235 0
4 Eduardo Kissilevicth   Audi R8 LMS 34 +00:17,025 01:44,484 0
5 Angelo Lima Audi R8 LMS 34 +00:52,204 01:44,904 0
6 Rodolfo Puraca Lamborghini Huracan GT3 34 +01:02,054 01:44,253 0
7 Marco Pinheiro Audi R8 LMS 34 +01:10,109 01:45,420 0
8 Thiago Pontes Lamborghini Huracan GT3 34 +01:13,573 01:45,012 0
9 Marcos Silveira Bentley Continental GT3 2018 34 +01:29,656 01:45,390 0
10 Christian Rudnick Bentley Continental GT3 2018 34 +01:44,397 01:44,619 0
11 Walter Rubens Lexus RC F GT3 33 +1 lap 01:46,677 0
12 Luis Carlos Matias Mercedes AMG GT3 32 +2 lap 01:46,275 0
13 Nilson Porto Lexus RC F GT3 32 +2 lap 01:44,652 0
14 Danilo Santana Mercedes AMG GT3 29 DNF 01:46,041 0
15 Ricardo Silva Audi R8 LMS 24 DQF 01:44,376 0
16 Marvin Gris Dias Mercedes AMG GT3 24 DNF 01:45,198 0
17 Renato Francisco Lamborghini Huracan GT3 5 DNF 01:45,567 0

 O prazo de protestos termina nesta quarta-feira, saindo na quinta a homologação do resutaldo da prova.

Confira como foi a etapa de Barcelona:

Daqui duas semenas (20/10) os pilotos voltam para a pista no veloz circuito de Monza, onde o desafia será a noite, e a grande possibildiade de chuva para o traçado italiano.

Onde Realidade e Simulação se unem!

110

focados em reproduzir as categorias reais

Formato e duração das corridas, regras, pontuações, etc.

Gold Trophy PNG Images

Seis Campeões ao longo da temporada

Os títulos mais aguardados e importantes são para o Campeão Anual e da J6 Endurance Cup da GT-3 World Series.